Castro – O novo atelier de Pastéis de Nata em Lisboa

Lisboa é hoje uma capital muita apetecida e conta agora com um novo atelier que celebra o mais amado doce português: o Pastel de Nata. Depois da abertura no Porto, é agora a vez a vez do atelier Castro chegar até nós. O espaço, localizado na emblemática Rua Garret em Lisboa, em pleno coração do Chiado, é diferenciado e é uma verdadeira homenagem à tradição portuguesa. 

Os pastéis primam pela escolha dos melhores ingredientes, pela receita única e pelo sabor de excelência, ideais para comer ao balcão ou levá-los para casa, assim como também podemos assistir ao seu processo de fabrico artesanal. Difícil é provar só um!

Rui Sanches, CEO da Plateform, é o mentor deste projecto e baptizou-o com o apelido da sua família materna: “O meu avô viveu toda a vida no Bairro Alto e trabalhou na reabilitação de edifícios no centro histórico. Por isso, há aqui uma certa homenagem”, sorri. O pastel de nata Castro é fiel à receita secular e resultado de horas de aprimoramento em busca do equilíbrio perfeito. O Chef pasteleiro Daniel Seixas criou uma versão mais sofisticada da receita tradicional, com massa fina e estaladiça e um creme aveludado. Pode e deve ser acompanhado com um café, um chá, um copo de vinho do Porto ou até uma ginjinha.

NUMA COSMOPOLITA LOJA BOUTIQUE

O Castro de Lisboa nasce onde estava a antiga Casa Pereira e, antes desta, a perfumaria Primavera. Preservar a história do espaço foi uma prioridade da Plateform, em particular a sua fachada “muito especial”, explica João Regal, arquitecto responsável pelo projeto e pela obra.

As loiças Castro são brancas com rebordo azul e dourado, uma colecção desenvolvida numa parceria com a Vista Alegre que recria o imaginário clássico das mais icónicas casas portuguesas. Da mesma forma, as embalagens, o cartão de visita e as fardas dos empregados, seguem esta mesma linha nobre e intemporal em ouro sobre azul. O Studio Astolfi foi o responsável pela decoração das montras, com inspiração no universo mágico de Alice no País das Maravilhas: “Queríamos criar um momento que celebrasse a gula e a vontade irresistível de engolir um pastel de nata, de levá-lo ao limite de uma forma única”, explica a sua autora, a arquitecta Joana Astolfi.

Mais info: https://castropasteisdenata.pt

By Carla Branco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: